THIS PLACE TRIES TO SHOW US THAT LEARNING MORE IS POSSIBLE!

NOTÍCIA

O QUE É UMA NOTÍCIA?

Notícia é um substantivo feminino e tem significado de informação, conhecimento, notificação. No âmbito da imprensa quer dizer o resumo de um acontecimento ou de um assunto!

http://www.brasilescola.com/redacao/o-jornal-noticia.htm – Acesso em 07 de setembro de 2012

AS PARTES DE UMA NOTÍCIA

Uma notícia divide-se em três partes:
I- título,
II- cabeça da notícia, parágrafo-guia ou lead
III- e corpo da notícia, desenvolvimento ou body.

I- Título

Deve resumir a notícia no menor número possível de palavras. Deve, o mais possível, começar do mais importante para o menos importante, como toda a notícia.

A titulagem pode ser tripla:
1- antetítulo (assunto geral),
2- título (título propriamente dito, que refere o assunto principal da notícia),
3- subtítulo e entretítulos (assuntos particulares ou relevantes, dentro da notícia).

O antetítulo, o subtítulo e os entretítulos só se usam quando forem necessários.

II- Cabeça da Notícia, Parágrafo-Guia ou Lead

Este parágrafo é, frequentemente, escrito em caracteres diferentes e destacado do corpo da notícia. Começa do mais importante para o menos importante. Responde às seguintes perguntas:
1- Quem? – Sujeito da frase, afirmação mais importante da notícia, palavra-chave, palavra ou expressão com mais carga dramática, o resultado do acontecimento…
2- O quê? – Predicado (verbo) e complemento directo ou indirecto. É o acontecimento.
3- Onde?
4- Quando?

Destas perguntas, só se responde àquelas para as quais há respostas, como é evidente!
A ordem das perguntas pode ser:
1- Quem?
2- O quê?
3- Quando?
4- Onde?

III- Corpo da Notícia, Desenvolvimento ou Body

Desenvolve as informações do parágrafo-guia, sempre do mais importante para o menos importante. Além disso, desde que haja elementos, responde às questões:
1- Como?
2- Porquê?

Uma notícia deve ser feita de tal forma que, se retiramos o último parágrafo, o conteúdo da mesma não seja praticamente afectado.

Algumas Regras Gerais Para Fazer Notícias

1- Numa notícia, tudo se escreve sempre do mais importante para o menos importante. As afirmações colocam-se, normalmente, antes de indicar quem as disse. Ex.: 30 mortos foi o resultado de um acidente decorrido ontem, na EN 2; «Os salários vão aumentar 10 %» – afirmou o primeiro-ministro, hoje, em visita oficial a…; Uma manifestação contra o racismo teve lugar à porta do Consulado de Angola, durante todo o dia de ontem; Médicos portugueses recusam-se a preencher vagas no interior do país; etc.

2- Uma notícia escreve-se sempre na 3ª pessoa (do singular ou do plural). Eu, tu, nós, vós e vocês só se empregam nas citações, as quais devem ser devidamente separadas com aspas. Ex.: «Vimos a morte à frente dos olhos» – afirmou Fulano, um habitante do referido prédio; «Já estamos à espera, desde as 5 da manhã, para sermos consultados» – afirmam os manifestantes, descontentes com a falta de médicos; etc.

3- Não se dá opiniões, nem sugestões, nem se avalia, nem se lamenta, nem se deseja nada, nem se dá parabéns. Só se devem usar os adjectivos que designam o que é evidente para qualquer pessoa. Ex.: As cores são evidentes para qualquer pessoa; mas o que é bom, grande e bonito para uns pode ser mau, pequeno e feio para outros. O recurso a citações é uma excepção a esta regra, desde que não comprometa a independência de quem escreve a notícia. Ex.: Segundo afirmou um automobilista, «os javalis são bichos muito maus. Se encontrarem um carro pela frente, não se desviam e atacam»; «Foi o melhor momento da minha vida» – afirmou (ou referiu) Fulano; etc.

4- Quando não se presenciou, recorre-se a fontes diversas ou a citações, tendo sempre o cuidado de indicar que os dados estão de acordo com as referidas fontes. É lógico não indicar aquilo de que não se tem a certeza! Ex.: De acordo com informações de…; A mesma fonte também indicou (ou confirmou) que…; De acordo com (ou Segundo afirmam) testemunhas oculares, …; A alegada fraude; …não revelou (, contudo)…; (Segundo) anunciou F, presumivelmente por…; lembrou, por outro lado, que…; Observou (ou Afirmou) um habitante…, acrescentando que…; Precisou F; Segundo um balanço oficial; O último balanço indicava…; Contou F; Adiantou, ainda, que…; O que terá provocado…; etc.

5- A linguagem deve ser simples e clara, para que todas as pessoas a possam entender. As palavras pouco conhecidas devem ser evitadas. Deve-se evitar o uso de recursos estilísticos e de todas as expressões que possam deixar dúvidas no leitor. As frases devem ser curtas e simples. Quando se usam siglas, é necessário dizer o que elas significam. Ex.: CDU (Coligação Democrática Unitária); Partido Social Democrata (PSD); etc.

6- Deve-se transmitir o máximo de informações num mínimo de palavras. Um jornal não é um exercício de retórica.

7- A linguagem deve ser atrativa. Caso contrário, o jornal perde compradores!

http://www.eb23-ancede.rcts.pt/pt-fazer-noticias.html – Acesso em 07 de setembro de 2012

Agora que você já aprendeu o que é uma notícia e como escrever uma boa notícia. É hora de praticar!

ATIVIDADE I – CRIANDO NOTÍCIAS A PARTIR DE IMAGENS

Escolha uma das imagens abaixo e faça uma produção textual seguindo tudo o que aprendeu acima.

Crie um título que chame a atenção de seus leitores.

Use sua criatividade e responda às perguntas  – o que, quando, onde, como, por que – no primeiro parágrafo (lead).

E nos próximos parágrafos dê as informações e detalhes menos importantes sobre o fato.

IMAGEM 1

IMAGEM 2

IMAGEM 3

IMAGEM 4

 

ATIVIDADE 2 – CRIANDO NOTÍCIAS A PARTIR DE LETRAS DE MÚSICAS

Leia as letras abaixo. Curta o vídeo, se quiser.

Em seguida, use toda sua criatividade e sensibilidade para reescrever a história contada na letra em formato de notícia.

Não se esqueça que você pode criar um subtítulo para sua notícia e que o primeiro parágrafo deve conter as informações mais importantes, ok?

MÚSICA 1

Faroeste Caboclo – Legião Urbana

Não tinha medo o tal João de Santo Cristo
Era o que todos diziam quando ele se perdeu
Deixou pra trás todo o marasmo da fazenda
Só pra sentir no seu sangue o ódio que Jesus lhe deu

Quando criança só pensava em ser bandido
Ainda mais quando com um tiro de soldado o pai morreu
Era o terror da sertania onde morava
E na escola até o professor com ele aprendeu

Ia pra igreja só pra roubar o dinheiro
Que as velhinhas colocavam na caixinha do altar
Sentia mesmo que era mesmo diferente
Sentia que aquilo ali não era o seu lugar

Ele queria sair para ver o mar
E as coisas que ele via na televisão
Juntou dinheiro para poder viajar
De escolha própria, escolheu a solidão

Comia todas as menininhas da cidade
De tanto brincar de médico, aos doze era professor.
Aos quinze, foi mandado pro o reformatório
Onde aumentou seu ódio diante de tanto terror.

Não entendia como a vida funcionava
Discriminação por causa da sua classe e sua cor
Ficou cansado de tentar achar resposta
E comprou uma passagem, foi direto a Salvador.

E lá chegando foi tomar um cafezinho
E encontrou um boiadeiro com quem foi falar
E o boiadeiro tinha uma passagem e ia perder a viagem
Mas João foi lhe salvar

Dizia ele: “Estou indo pra Brasília
Neste país lugar melhor não há
Tô precisando visitar a minha filha
Eu fico aqui e você vai no meu lugar”

E João aceitou sua proposta
E num ônibus entrou no Planalto Central
Ele ficou bestificado com a cidade
Saindo da rodoviária, viu as luzes de Natal

“Meu Deus, mas que cidade linda,
No Ano-Novo eu começo a trabalhar”
Cortar madeira, aprendiz de carpinteiro
Ganhava cem mil por mês em Taguatinga

Na sexta-feira ia pra zona da cidade
Gastar todo o seu dinheiro de rapaz trabalhador
E conhecia muita gente interessante
Até um neto bastardo do seu bisavô

Um peruano que vivia na Bolívia
E muitas coisas trazia de lá
Seu nome era Pablo e ele dizia
Que um negócio ele ia começar

E o Santo Cristo até a morte trabalhava
Mas o dinheiro não dava pra ele se alimentar
E ouvia às sete horas o noticiário
Que sempre dizia que o seu ministro ia ajudar

Mas ele não queria mais conversa
E decidiu que, como Pablo, ele ia se virar
Elaborou mais uma vez seu plano santo
E sem ser crucificado, a plantação foi começar.

Logo logo os maluco da cidade souberam da novidade:
“Tem bagulho bom ai!”
E João de Santo Cristo ficou rico
E acabou com todos os traficantes dali.

Fez amigos, frequentava a Asa Norte
E ia pra festa de rock, pra se libertar
Mas de repente
Sob uma má influência dos boyzinho da cidade
Começou a roubar.

Já no primeiro roubo ele dançou
E pro inferno ele foi pela primeira vez
Violência e estupro do seu corpo
“Vocês vão ver, eu vou pegar vocês”

Agora o Santo Cristo era bandido
Destemido e temido no Distrito Federal
Não tinha nenhum medo de polícia
Capitão ou traficante, playboy ou general

Foi quando conheceu uma menina
E de todos os seus pecados ele se arrependeu
Maria Lúcia era uma menina linda
E o coração dele pra ela o Santo Cristo prometeu

Ele dizia que queria se casar
E carpinteiro ele voltou a ser
“Maria Lúcia pra sempre vou te amar
E um filho com você eu quero ter”

O tempo passa e um dia vem na porta
Um senhor de alta classe com dinheiro na mão
E ele faz uma proposta indecorosa
E diz que espera uma resposta, uma resposta do João

“Não boto bomba em banca de jornal
Nem em colégio de criança isso eu não faço não
E não protejo general de dez estrelas
Que fica atrás da mesa com o cu na mão

E é melhor senhor sair da minha casa
Nunca brinque com um Peixes de ascendente Escorpião”
Mas antes de sair, com ódio no olhar, o velho disse:
“Você perdeu sua vida, meu irmão”

“Você perdeu a sua vida meu irmão
Você perdeu a sua vida meu irmão
Essas palavras vão entrar no coração
Eu vou sofrer as consequências como um cão”

Não é que o Santo Cristo estava certo
Seu futuro era incerto e ele não foi trabalhar
Se embebedou e no meio da bebedeira
Descobriu que tinha outro trabalhando em seu lugar

Falou com Pablo que queria um parceiro
E também tinha dinheiro e queria se armar
Pablo trazia o contrabando da Bolívia
E Santo Cristo revendia em Planaltina

Mas acontece que um tal de Jeremias,
Traficante de renome, apareceu por lá
Ficou sabendo dos planos de Santo Cristo
E decidiu que, com João ele ia acabar

Mas Pablo trouxe uma Winchester-22
E Santo Cristo já sabia atirar
E decidiu usar a arma só depois
Que Jeremias começasse a brigar

Jeremias, maconheiro sem-vergonha
Organizou a Rockonha e fez todo mundo dançar
Desvirginava mocinhas inocentes
Se dizia que era crente mas não sabia rezar

E Santo Cristo há muito não ia pra casa
E a saudade começou a apertar
“Eu vou me embora, eu vou ver Maria Lúcia
Já tá em tempo de a gente se casar”

Chegando em casa então ele chorou
E pro inferno ele foi pela segunda vez
Com Maria Lúcia Jeremias se casou
E um filho nela ele fez

Santo Cristo era só ódio por dentro
E então o Jeremias pra um duelo ele chamou
Amanhã às duas horas na Ceilândia
Em frente ao lote 14, é pra lá que eu vou

E você pode escolher as suas armas
Que eu acabo mesmo com você, seu porco traidor
E mato também Maria Lúcia
Aquela menina bosal pra quem jurei o meu amor

E o Santo Cristo não sabia o que fazer
Quando viu o repórter da televisão
Que deu notícia do duelo na TV
Dizendo a hora e o local e a razão

No sábado então, às duas horas,
Todo o povo sem demora foi lá só para assistir
Um homem que atirava pelas costas
E acertou o Santo Cristo, começou a sorrir

Sentindo o sangue na garganta,
João olhou pras bandeirinhas e pro povo a aplaudir
E olhou pro sorveteiro e pras câmeras e
A gente da TV que filmava tudo ali

E se lembrou de quando era uma criança
E de tudo o que vivera até ali
E decidiu entrar de vez naquela dança
“Se a via-crucis virou circo, estou aqui”

E nisso o sol cegou seus olhos
E então Maria Lúcia ele reconheceu
Ela trazia a Winchester-22
A arma que seu primo Pablo lhe deu

“Jeremias, eu sou homem. coisa que você não é
E não atiro pelas costas não
Olha pra cá filha-da-puta, sem-vergonha
Dá uma olhada no meu sangue e vem sentir o teu perdão”

E Santo Cristo com a Winchester-22
Deu cinco tiros no bandido traidor
Maria Lúcia se arrependeu depois
E morreu junto com João, seu protetor

E o povo declarava que João de Santo Cristo
Era santo porque sabia morrer
E a alta burguesia da cidade
Não acreditou na história que eles viram na TV

E João não conseguiu o que queria
Quando veio pra Brasília, com o diabo ter
Ele queria era falar pro presidente
Pra ajudar toda essa gente que só faz…

Sofrer…

http://letras.mus.br/legiao-urbana/22492/ – Acesso em 08 de setembro de 2012.

Curta o vídeo!

MÚSICA 2

Vital e Sua Moto

Os Paralamas do Sucesso

Vital andava a pé e achava que assim estava mal
De um ônibus pro outro aquilo para ele era o fim
Conselho de seu pai: “Motocicleta é perigoso, Vital.
É duro de negar, filho, mas isto dói bem mais em mim.”

Mas Vital comprou a moto e passou a se sentir total, sentir total
Vital e sua moto, mas que união feliz
Corria e viajava, era sensacional
A vida em duas rodas era tudo que ele sempre quis

Vital passou a se sentir total
Com seu sonho de metal

Vital passou a se sentir total
No seu sonho de metal

Vital passou a se sentir total
Com seu sonho de metal

Vital passou a se sentir total
No seu sonho de metal

Os Paralamas do Sucesso iam tentar tocar na capital, na capital
E a caravana do amor então pra lá também se encaminhou
Ele foi com sua moto, ir de carro era baixo astral
Minha prima já está lá e é por isso que eu também vou

Os Paralamas do Sucesso iam tentar tocar na capital
Vital e sua moto, mas que união feliz
Os Paralamas do Sucesso iam tentar tocar na capital
Vital e sua moto, mas que união feliz
Os Paralamas do Sucesso iam tentar tocar na capital
Vital e sua moto, mas que união feliz

http://letras.mus.br/os-paralamas-do-sucesso/47967/ – Acesso em 08 de setembro de 2012.

Que tal curtir o vídeo?


Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

patriciasgueds.wordpress.com/

THIS PLACE TRIES TO SHOW US THAT LEARNING MORE IS POSSIBLE!

My Online Language

Private English lessons online on Skype

Eracio Rondon

"Quem ensina aprende ao ensinar, e quem aprende ensina ao aprender". Paulo Freire

Sala Aberta

Criatividade e Inovação

Teacher Bruna's Blog

A blog to share ideas and experiences related to the English language and its teaching and learning.

Em Badajoz falamos português!!!

Site criado com o intuito de colaborar com os profissionais do ensino/aprendizagem do português língua estrangeira

Histórias em Português

Um blog onde o Clube das Histórias coloca histórias de que gosta e que quer partilhar. Sirva-se e dê-lhes vida! Quer também recebê-las por email? Procura histórias sobre um algum tema ou para um fim específico? Escreva-nos! estorias.em.portugues(at)gmail.com Os nossos objectivos são unicamente pedagógicos, sem qualquer interesse financeiro.

professora adriana ramos

A topnotch WordPress.com site

PROFFPATRYCIA

Aula fora da aula. Um espaço para ampliar o saber e interagir. Aproveite!

Inovar é preciso!!

"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". ( Paulo Freire )

PROFESSORA:ROSELI LOPES411

"Mudar é dificil mas é possivel" PAULO FREIRE

yasminlegaldotorg

This WordPress.com site is the cat’s pajamas

teacherlusgai

It´s a pedagogic ressource blog

paolasouza2

This WordPress.com site is the cat’s pajamas

teachermelissabr

4 out of 5 dentists recommend this WordPress.com site

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: