THIS PLACE TRIES TO SHOW US THAT LEARNING MORE IS POSSIBLE!

TREM DE FERRO

Trem de ferro
Café com pão
Café com pão
Café com pão
Virgem Maria
que foi isto maquinista?
Agora sim
Café com pão
Agora sim
Café com pão
Voa, fumaça
Corre, cerca
Ai seu foguista
Bota fogo
Na fornalha
Que eu preciso
Muita força
Muita força
Muita força
Oô..
Foge, bicho
Foge, povo
Passa ponte
Passa poste
Passa pato
Passa boi
Passa boiada
Passa galho
De ingazeira
Debruçada
Que vontade
De cantar!
Oô…
Quando me prendero
No canaviá
Cada pé de cana
Era um ofi cia
Ôo…
Menina bonita
Do vestido verde
Me dá tua boca
Pra matá minha sede
Ôo…
Vou mimbora voou
mimbora
Não gosto daqui
Nasci no sertão
Sou de Ouricuri
Ôo…
Vou depressa
Vou correndo
Vou na toda
Que só levo
Pouca gente
Pouca gente
Pouca gente…
Poema de Manuel Bandeira em Estrela da Manhã (livro de 1936).
musicado por Tom Jobim em 1986 no disco Antonio Brasileiro.
http://vidadmaquinista.blogspot.com.br/2011/07/trem-de-ferro.html Acesso em 22 de setembro de 2012.

Atividades

  1. Leitura silenciosa.
  2. Leitura compartilhada.
  3. Leitura dramatizada e gravação em áudio para postagem.
  4. Atividades de compreensão e gramática.

H 32 – Identificar referências a fatos históricos em textos literários. (GI)

1.  O poema Trem de ferro trata de um meio de transporte antigo. A opção em que encontramos como ele era chamado pelas pessoas de sua época é

a)      Metro.

b)      Maria fumaça.

c)       Trem bala.

d)      Trem elétrico.

 

H 34 – Associar o uso de determinados recursos gráficos, sonoros ou rítmicos ao tema de um poema. (G II)

2. O verso que retrata o barulho que marca o ritmo do trem encontra-se na alternativa

a) Bota fogo.

b) Pouca gente.

c) Café com pão.

d) Oô…

 

H 34 – Associar o uso de determinados recursos gráficos, sonoros ou rítmicos ao tema de um poema. (G II)

3. A repetição dos sons vocálicos “Oô..”, representa

a) a velocidade do trem.

b) o barulho do apito do trem.

c) a fumaça produzida pelo trem.

d) o grito do maquinista.

 

H 34 – Associar o uso de determinados recursos gráficos, sonoros ou rítmicos ao tema de um poema. (G II)

4. A repetição dos versos “Muita força” é um recurso utilizado pelo poeta para exprimir

a) que o trem pode carregar muito peso.

b) que o trem precisa de força.

c) ideia de velocidade lenta.

d) que o trem não tem força.

 

H 34 – Associar o uso de determinados recursos gráficos, sonoros ou rítmicos ao tema de um poema. (G II)

5. A repetição dos verbos “foge” e “passa” indicam

a) que o trem está sem controle.

b) que o trem está parado.

c) que o trem saiu da estação.

d) aumento de velocidade.

 

H27 – Aplicar conhecimentos relativos a regularidades observadas em processos de derivação como estratégia para solucionar problemas de ortografia, com base na correlação entre definição/exemplo. (GIII)

6. Leia o enunciado e responda a questão.

Regra

Algumas profissões em português se originam de um substantivo comum.

Qual alternativa apresenta um grupo de palavras que pode ilustrar essa regra?

a) dentista – biólogo – atleta – caixa

b) dentista – pianista – economista – massagista

c) professor – arquiteto – médico – advogado

d) agrônomo – pianista – médico – economista

 

H 23 – Identificar em um texto o efeito de sentido produzido pelo uso de determinadas categorias gramaticais (gênero, número, casos, aspecto, modo, voz etc.). (GI)

7. As formas verbais, “voa, corre, bota, foge, passa, vou depressa, vou correndo”, empregadas pelo enunciador produzem efeito de

a) nomes.

b) qualidades.

c) substituições.

d) ações.

 

H 23 – Identificar em um texto o efeito de sentido produzido pelo uso de determinadas categorias gramaticais (gênero, número, casos, aspecto, modo, voz etc.). (GI)

8. As palavras em destaque nos seguintes versos são adjetivos. “Menina bonita”, “Do vestido verde” – A alternativa que contem a função dessa classe de palavras é

a) dar nome aos seres.

b) caracterizar, qualificar os seres.

c) substituir ou retomar os nomes.

d) indicar ações dos seres.

 

H 23 – Identificar em um texto o efeito de sentido produzido pelo uso de determinadas categorias gramaticais (gênero, número, casos, aspecto, modo, voz etc.). (GI)

9. A palavra em negrito no seguinte verso é um ser inanimado. “Corre cerca”  – A opção que explica o sentido desse verso  é

a) ilusão causada pelo movimento do trem.

b) cerca é um personagem por isso está viva.

c) a cerca dá volta no campo.

d) cerca é o narrador.

 

H 23 – Identificar em um texto o efeito de sentido produzido pelo uso de determinadas categorias gramaticais (gênero, número, casos, aspecto, modo, voz etc.). (GI)

10. Na quinta estrofe o trem está preso num canavial e cada pé de cana lhe parece um oficial, isto é, um soldado. Quais as semelhanças entre o pé de cana e o oficial que permitem a Manuel Bandeira fazer essa comparação?

a) os soldados são doces como a cana.

b) soldados recebem ordem/ pés de cana em ordem.

c) disposição em fila/soldados em pé, cor dos pés de cana/fardas dos soldados.

d) essa comparação está errada.

 

H 13 – Estabelecer relações de causa/consequência entre informações explícitas distribuídas ao longo de um texto.(GII)

11. Ainda na quinta estrofe há uma redução da velocidade do trem. O motivo dessa desaceleração está em

a) acabar o carvão da caldeira.

b) o maquinista freia o trem.

c) o trem vê a moça bonita.

d) os pés de cana parecem oficiais, soldados.

 

H 24 – Justificar a presença, em um texto, de marcas de variação linguística, no que diz respeito aos fatores geográficos, históricos, sociológico ou técnicos, do ponto de vista da fonética, do léxico, da morfologia ou da sintaxe. (G III)

12. O uso dos vocábulos –  “Virge”, “prendero”, “canaviá”, “oficiá”, “matá”, “mimbora” – pelo poeta ou transcrever as “falas” do trem justificam-se pois

a) o poeta não sabe escrever.

b) o trem é do sertão do Pernambuco.

c) trem não sabe falar.

d) não é possível compreender o poema.

Recursos didáticos:

Veja um trecho que foi apresentado no programa Rá Tim Bum:
Para aqueles que gostam de música, assistam a esse vídeo.

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

patriciasgueds.wordpress.com/

THIS PLACE TRIES TO SHOW US THAT LEARNING MORE IS POSSIBLE!

My Online Language

Private English lessons online on Skype

Eracio Rondon

"Quem ensina aprende ao ensinar, e quem aprende ensina ao aprender". Paulo Freire

Sala Aberta

Criatividade e Inovação

Teacher Bruna's Blog

A blog to share ideas and experiences related to the English language and its teaching and learning.

Em Badajoz falamos português!!!

Site criado com o intuito de colaborar com os profissionais do ensino/aprendizagem do português língua estrangeira

Histórias em Português

Um blog onde o Clube das Histórias coloca histórias de que gosta e que quer partilhar. Sirva-se e dê-lhes vida! Quer também recebê-las por email? Procura histórias sobre um algum tema ou para um fim específico? Escreva-nos! estorias.em.portugues(at)gmail.com Os nossos objectivos são unicamente pedagógicos, sem qualquer interesse financeiro.

professora adriana ramos

A topnotch WordPress.com site

PROFFPATRYCIA

Aula fora da aula. Um espaço para ampliar o saber e interagir. Aproveite!

Inovar é preciso!!

"Sem a curiosidade que me move, que me inquieta, que me insere na busca, não aprendo nem ensino". ( Paulo Freire )

PROFESSORA:ROSELI LOPES411

"Mudar é dificil mas é possivel" PAULO FREIRE

yasminlegaldotorg

This WordPress.com site is the cat’s pajamas

teacherlusgai

It´s a pedagogic ressource blog

paolasouza2

This WordPress.com site is the cat’s pajamas

teachermelissabr

4 out of 5 dentists recommend this WordPress.com site

The WordPress.com Blog

The latest news on WordPress.com and the WordPress community.

%d blogueiros gostam disto: